7 fatores que contribuem para o aparecimento de Problemas de Ereção

Sete coisas que ameaçam a ereção:

Medicamentos, estresse, falta de sono ou má higiene bucal podem causar distúrbios de ereção. Mas o pior de tudo é por em risco a vida sexual com seu parceiro.

Os homens geralmente se interessam por sua saúde quando têm problemas sexuais, um suspiro adverte que o estilo de vida pouco saudável pode reduzir os níveis de testosterona e causar problemas na hora de ter relações que podem se transformar em disfunção erétil completa.

Um distúrbio de ereção, mais precisamente a disfunção erétil (DE), anteriormente chamada de quase impotência, é um distúrbio generalizado, em certo nível, afeta quase a metade dos homens, especialmente na faixa de 35 a 65 anos.

Atualmente estamos observando que ele não evita homens mais jovens, como cerca de trinta anos, mas ainda mais jovens. Existem muitos problemas que os homens não tiveram que resolver antes. É uma incerteza existencial, muitas vezes como gerentes temem que eles vão falhar na sua função para os funcionários que serão lançados para fora do trabalho, um elevado ritmo de trabalho e dedicação, bem como o stress de vários tipos, incluindo vários problemas parceiras, muitos dos problemas associados ou associados à disfunção erétil também podem estar envolvidos, como distúrbios metabólicos, diabetes, excesso de peso, pressão alta, doenças cardiovasculares e muitos outros.

Conheça os sete culpados que você precisa pensar se quiser manter uma vida sexual saudável.
1. Os medicamentos que você toma: Os efeitos colaterais de alguns medicamentos, como antidepressivos, medicamentos para pressão sanguínea, ou até mesmo produtos populares de crescimento capilar, infelizmente incluem problemas de ereção. Surpreendentes pessoas culpadas também podem ser medicamentos comuns para o resfriado, muitos medicamentos podem contribuir para problemas de ereção. Muitas vezes, por exemplo, os homens lidam com o estresse e estresse no trabalho com vários sedativos, antidepressivos, etc. Este é, sem dúvida, um grupo de drogas que podem participar ou aprofundar a disfunção erétil. Ele também inclui medicamentos para pressão alta, hormônios e muitos outros medicamentos e preparações.
2. O estresse relacionado ao trabalho: é um dos principais culpados pelos problemas sexuais em homens.Muitos homens em torno dos quarenta e cinquenta anos que são muito bem sucedidos no trabalho altamente estressante e muitos deles têm disfunção erétil. Os homens que trabalham duro, diz ele, muitas vezes não têm problemas no escritório . Sua ansiedade vai o dia inteiro e não lhes permite relaxar mesmo no quarto. É aconselhável não lidar com o trabalho após o horário de trabalho. Não trabalhe quando você chegar em casa do trabalho, não trabalhe em férias e se envolva em atividades que aliviem o estresse, como exercícios.
3.Falta de sono: Mesmo algumas noites quando você vai para a cama tarde pode ter um efeito sobre a ereção. Pesquisadores da Universidade de Chicago descobriram que dormir apenas cinco horas ou menos reduziu os níveis de testosterona em homens jovens e saudáveis ​​em 10% depois de alguns dias.O sono suficiente é, o mais importante em homens mais jovens, cujos baixos níveis de testosterona desempenham um papel importante na sua capacidade de ereção. Eles devem dormir por pelo menos seis horas, mas o ideal é de sete a oito horas de sono.
4.Má higiene oral:  Um estudo turco de 2012 mostrou que homens que sofrem de disfunção erétil tiveram até três vezes mais probabilidade de problemas de gengiva do que homens sem problemas de ereção. Os cientistas explicaram que o sistema imunológico começará a atacar patógenos em sua boca quando a cárie dentária se desenvolver .Bactérias, em seguida, penetram na corrente sanguínea e danificam os vasos sanguíneos e o fluxo sanguíneo. A limpeza regular dos dentes, juntamente com o uso de fio dental pelo menos duas vezes por dia, pode ajudar não só as gengivas, mas também a ereção.
5.Consumo excessivo de álcool: Talvez algumas cervejas tenham um efeito calmante diário em seus nervos, mas se você beber autoconfiança bebendo álcool para alcançar a garota no bar, sua noite pode acabar diferente do que você planejou. Um estudo  da Universidade de Washington descobriu que homens bêbados têm um problema maior de ereção, e mesmo se o fazem, suas ereções não são tão fortes quanto as de indivíduos sóbrios. E não é apenas o problema de uma noite.O consumo excessivo de álcool a longo prazo piora o desempenho sexual, o que foi encontrado por especialistas é que o álcool atua como um sedativo, portanto, não só ele não ajuda a pessoa a se excitar, mas também a deixa mais cansada.
6.Estresse e sentimentos de culpa: Problemas com a ereção podem causar culpa por exemplo, a infidelidade. O sentimento de culpa se transforma em ansiedade e causa mudanças químicas no cérebro que causam problemas de ereção. Grande ansiedade impede que você fique tão animado para ficar excitado.Com o fato de que o estresse e a ansiedade são importantes na disfunção erétil, mesmo com algumas doenças orgânicas ou danos penianos ou condições após doenças graves, como o câncer, essa disfunção começa “na cabeça”.Razões para a disfunção erétil podem ser variadas, como o homem sente-se humilhado ao ver sua mulher comentar sobre seu desempenho sexual, duração do contato e similares, por vezes, o medo do novo, parceiro significativamente mais jovens ou talvez o medo associado com a falha antes com outro parceiro.As razões são muitas, e os homens são realmente muito frágeis nessa direção.
7.Nicotina:Todos nós sabemos que fumar faz mal à saúde, porém a maioria das pessoas não sabe que há uma ligação direta entre o tabagismo e a disfunção erétil. Um estudo de 2011 mostrou que os homens que haviam deixado de fumar tinham uma ereção mais forte depois de oito semanas e atingiram o máximo de excitação cinco vezes mais rápido do que os fumantes que retornaram ao hábito de fumar.Essa melhora também foi observada em homens que abandonaram os adesivos de nicotina, indicando que dói não apenas fumar cigarros, mas a própria nicotina. Fumar é, sem dúvida, um dos fatores que, a longo prazo, não beneficia a ereção, bem como o uso regular de álcool ou substâncias que causam dependência.
Conheça Herus Caps – O verdadeiro remédio contra a impotência.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *